NOTÍCIAS

23/10/2019

Diretor Médico da CABMMA fala sobre a importância das suspensões médicas

Em entrevista ao MMA Fighting, Dr. Paolo Souto Maior falou sobre a importância do repouso para recuperação do cérebro após um nocaute.

O diretor médico da CABMMA e neurocirurgião, Dr. Paolo Souto Maior deu uma entrevista para o site MMA Fighting falando sobre os riscos que os lutadores correm quando não fazem o repouso adequado após sofrerem um nocaute durante uma luta.

“Um dos grandes perigos de ser nocauteado novamente em pouco tempo é a chamada síndrome do segundo impacto. Sofrer uma nova lesão na cabeça antes de se recuperar completamente do primeiro nocaute faz com que o cérebro perca sua capacidade de regulação da circulação sanguínea cerebral, o que pode levar a um edema cerebral difuso, ao coma e até à morte. ”

As concussões cerebrais são consideradas uma das lesões mais complexas na medicina esportiva para se diagnosticar, avaliar e tratar. Em uma situação de nocaute a CABMMA automaticamente aplica uma suspensão médica mínima de 45 a 60 dias. Isso é baseado em protocolo padrão sugerido pela Association of Ringside Physicians (ARP), o qual é seguido por todas as comissões atléticas que integram a Association of Boxing Commissions and Combative Sports (ABC). A CABMMA é membro de ambas as entidades desde 2015.

Para conferir a entrevista completa acesse: https://www.mmafighting.com/2019/10/22/20924658/joao-paulo-rodrigues-fight-two-knockout-losses-13-days-mma-concussion