ACESSO AFILIADO

Notícias

Comitês

Uso do Replay Instantâneo no MMA

17/10/2016 -

A Comissão Atlética Brasileira de MMA (CABMMA) aprovou nesta segunda-feira o uso do Replay Instantâneo para eventos regulados pela entidade. As diretrizes foram definidas sob a supervisão do árbitro John Mc Carthy, membro afiliado à CABMMA e Diretor Técnico da Association of Boxing Commissions (ABC), e já serão implementadas nos próximos eventos, a partir da presente data.

 

 Uso do Replay Instantâneo no MMA


O uso do Replay Instantâneo no MMA deve ser definido nos parâmetros que asseguram a igualdade na competição e um resultado adequado ao final do combate. O uso do Replay Instantâneo pode não ser possível em eventos menores que não estejam sendo gravados ou que não disponibilizem as imagens adequadas para a Comissão.


Devido às complexidades envolvidas no MMA, o árbitro só pode usar o Replay Instantâneo quando sentir que a "Sequência Final do Combate" tenha sido causada possivelmente por uma ação ilegal (falta), seja intencional ou não intencional. Em tal momento o árbitro, e somente o árbitro, pode pedir uma revisão dos últimos momentos do combate. Uma vez que revisto o replay, o árbitro pode confirmar ou não se uma falta foi cometida e tenha provocado o término do combate na sequência, tomando as medidas apropriadas.


Deve-se notar que o Replay Instantâneo não é para ser usado para avaliar as ações do árbitro.
Exemplos disso incluem:


1. O Combate foi interrompido no momento certo?


2. Houve um “tapout”?


3. Um lutador cometeu uma falta, mas que não trouxe um fim ao combate?


Se um árbitro utilizar o Replay Instantâneo, as informações obtidas a partir do replay não podem ser usadas para reiniciar o combate, já que ele foi oficialmente declaro por encerrado.

A única finalidade do Replay Instantâneo no MMA é permitir que o árbitro faça o correto e justo na hora de definir o resultado final do combate, decidindo:


1. O vencedor da luta;


2. Levar o combate para os scorecards dos juízes, para uma decisão técnica; (dependendo do round em que combate tenha sido encerrado);


3. Se o combate será um "No Contest";


4. Desclassificação.

SOBRE A CABMMA
 
A “Comissão Atlética Brasileira de MMA”, ou CABMMA, é uma instituição neutra e sem fins lucrativos. E foi fundada com o intuito de cuidar, principalmente, da segurança dos atletas (amadores ou profissionais), tendo como foco o crescimento seguro e organizado do esporte.
 
-   FALE CONOSCO
-   FAÇA SUA AFILIAÇÃO
     
 
 
     
LEIA MAIS
Copyright © 2013 Comissão Atlética Brasileira de MMA. All rights Reserved.

 

Desenvolvido por Arte Digital Internet