ACESSO AFILIADO

Notícias

Comitês

Dirigente da CABMMA critica Projeto de Lei que baniria MMA da TV

01/10/2013 - Fonte : tatame.com.br

Recentemente, um Projeto de Lei lançado pelo deputado José Mentor (PT-SP) agitou a comunidade das Artes Marciais Mistas. Tal projeto propõe a proibição irrestrita da exibição de eventos de MMA na TV brasileira. Rafael Favetti, chairman da Comissão Atlética Brasileira de MMA, é uma das muitas vozes que se levantaram contra a iniciativa.

“Esse projeto de lei significaria o fim do MMA. Sem transmissão na TV, o esporte deixa de angariar público, os patrocinadores mínguam e os atletas ficam sem condições de se profissionalizar. É uma iniciativa que minaria o sucesso da modalidade no país”, afirmou Favetti.

Determinado a mostrar que o exemplo dado pelo MMA é absolutamente positivo, Favetti lembra que são muitos os casos de jovens que se afastaram da criminalidade – e até das drogas  - graças ao esporte. O dirigente da CABMMA ainda reforça que, apesar de frequentemente ser alvo de preconceito por parte de pessoas que não conhecem o esporte a fundo, a modalidade cativa cada vez mais pessoas e não para de crescer ao redor do mundo.

“As Artes Marciais Mistas são um sucesso independente de gênero, idade ou classe social. Estamos falando de um esporte onde os lutadores são modelos de disciplina e dedicação. Na verdade, o MMA é o único esporte do mundo em que até o árbitro é um ídolo do público, assim como o announcer do evento”, explicou.

SOBRE A CABMMA
 
A “Comissão Atlética Brasileira de MMA”, ou CABMMA, é uma instituição neutra e sem fins lucrativos. E foi fundada com o intuito de cuidar, principalmente, da segurança dos atletas (amadores ou profissionais), tendo como foco o crescimento seguro e organizado do esporte.
 
-   FALE CONOSCO
-   FAÇA SUA AFILIAÇÃO
     
 
 
     
LEIA MAIS
Copyright © 2013 Comissão Atlética Brasileira de MMA. All rights Reserved.

 

Desenvolvido por Arte Digital Internet